UniTEA TEA Saúde Ciência 27.03.2020 voltar

1 em cada 54

Prevalência de Autismo sobe em comunidades monitoradas


Uma em cada 54 crianças de 8 anos de idade foi identificada com autismo segundo uma análise dos dados de 2016 publicados hoje no Resumo de Vigilância do Relatório Semanal de Morbidade e Mortalidade (MMWR) do CDC.

Isso é superior à estimativa anterior de 2014, que encontrou uma prevalência de 1 em 59 entre as crianças de 8 anos. Os dados vêm de 11 comunidades dos EUA na rede de monitoramento de deficiências em desenvolvimento e autismo (ADDM) do CDC. Dados de 2016 também mostram que mais crianças estão sendo avaliadas e identificadas com autismo em idades mais jovens. As últimas descobertas se baseiam em dados de dois relatórios separados em crianças de oito e quatro anos.

"Parte do aumento da prevalência de autismo pode ser devido à maneira como as crianças são identificadas, diagnosticadas e recebendo serviços em suas comunidades", disse Stuart Shapira, MD, Ph.D., diretor associado de ciência do Centro Nacional de Defeitos de Nascimento do CDC. e deficiências de desenvolvimento. “O aumento também pode refletir reduções nas diferenças raciais na identificação do autismo, já que este é o primeiro relatório da Rede ADDM a identificar crianças negras de 8 anos com autismo como tendo as mesmas taxas que crianças brancas.

 

Confira mais através do site https://www.revistaautismo.com.br/numero/000/pesquisa-do-cdc-revela-numero-alto-de-prevalencia-de-autismo-nos-eua-em-criancas-de-8-anos-alem-de-grande-aumento-em-relacao-a-pesquisa-anterior/

 


Ciência 07.07.2022

Autismo e Terapia Genetica

UniTEA 08.09.2021

Associados agora são Usuários

UniTEA 08.09.2021

# Novos horários do Instituto UniTEA

Ciência Educação Inclusão Mercado de Trabalho Saúde TEA UniTEA
Processando sua Doação