UniTEA TEA Saúde Ciência 27.03.2020 voltar

1 em cada 54

Prevalência de Autismo sobe em comunidades monitoradas


Uma em cada 54 crianças de 8 anos de idade foi identificada com autismo segundo uma análise dos dados de 2016 publicados hoje no Resumo de Vigilância do Relatório Semanal de Morbidade e Mortalidade (MMWR) do CDC.

Isso é superior à estimativa anterior de 2014, que encontrou uma prevalência de 1 em 59 entre as crianças de 8 anos. Os dados vêm de 11 comunidades dos EUA na rede de monitoramento de deficiências em desenvolvimento e autismo (ADDM) do CDC. Dados de 2016 também mostram que mais crianças estão sendo avaliadas e identificadas com autismo em idades mais jovens. As últimas descobertas se baseiam em dados de dois relatórios separados em crianças de oito e quatro anos.

"Parte do aumento da prevalência de autismo pode ser devido à maneira como as crianças são identificadas, diagnosticadas e recebendo serviços em suas comunidades", disse Stuart Shapira, MD, Ph.D., diretor associado de ciência do Centro Nacional de Defeitos de Nascimento do CDC. e deficiências de desenvolvimento. “O aumento também pode refletir reduções nas diferenças raciais na identificação do autismo, já que este é o primeiro relatório da Rede ADDM a identificar crianças negras de 8 anos com autismo como tendo as mesmas taxas que crianças brancas.

 

Confira mais através do site https://www.revistaautismo.com.br/numero/000/pesquisa-do-cdc-revela-numero-alto-de-prevalencia-de-autismo-nos-eua-em-criancas-de-8-anos-alem-de-grande-aumento-em-relacao-a-pesquisa-anterior/

 


UniTEA 01.01.2021

Feliz Ano Novo! Feliz 2021!

TEA 30.12.2020

Proíbida queima de fogos com ruídos

UniTEA 29.12.2020

TEAJUDAR 2020

Ciência Educação Inclusão Mercado de Trabalho Saúde TEA UniTEA
Processando sua Doação