Inclusão TEA 12.06.2020 voltar

TEA X Relacionamentos

Pessoas com transtorno do espectro autista (TEA) experimentam diversas dificuldades em seus relacionamentos românticos...


Assim como em qualquer relacionamento a compreensão e aceitação do outro é mais do que necessária.

 

Uma pesquisa conduzida recentemente explorou esse tema. O estudo teve como objetivo identificar caminhos para uma experiência positiva nos relacionamentos e como estes problemas podem diferir entre autistas e indivíduos da população em geral. A pesquisa revelou que comparados a indivíduos da população geral, portadores de TEA reportam uma duração de relacionamento mais curta e uma preocupação maior sobre seus relacionamentos futuros. (confira mais através do link http://progene.ib.usp.br/relacionamentos-amorosos-envolvendo-pessoas-com-tea/ )

 

Uma série que retrata um pouco deste assunto é ATYPICAL, da Netflix. 

Sam é um garoto autista de 18 anos, que encorajado por sua psicóloga, decide procurar uma namorada. Além de buscar mais independência e autoconhecimento, também começa a se ver envolvido na sua primeira história de amor, enquanto vários problemas ocorrem em torno do dia a dia da sua família.

 

Parafraseando Lulu Santos: consideramos justa, autêntica e singular toda a forma de amor.


TEA 30.12.2020

Proíbida queima de fogos com ruídos

Educação Inclusão 22.12.2020

Natal e crianças com autismo: como tornar a celebração mais confortável para elas?

Educação TEA Inclusão 10.12.2020

1º Pós Graduação em ABA do Rio Grande do Sul

Ciência Educação Inclusão Mercado de Trabalho Saúde TEA UniTEA
Processando sua Doação